quarta-feira, 22 de maio de 2013

Assaltantes e pistoleiros são presos em Atalaia; um usava tornozeleira

Policiais militares da 4ª Companhia Independente prenderam na tarde de ontem (21), em Atalaia, a 53 km de Maceió, Adriano Francisco da Silva, 23 anos, o Diano e o presidiário Antonio Barbosa da Rocha, 33 anos, o Tonho, acusados de assaltos e pistolagem.
De acordo com o comandante da 4ª Companhia, capitão Guilherme Fortes Feitosa, as prisões foram feitas a partir de telefonema anônimo para o Disque Denúncia 181. Diano e Tonho, segundo o capitão, fazem parte de uma quadrilha de assaltantes e pistoleiros que atuam entre os municípios de Atalaia e Maribondo.
No momento da prisão, Adriano Francisco da Silva e Antônio Barbosa se encontravam bebendo em uma residência localizada no bairro Vila José Paulino, em Atalaia, junto com outras pessoas quando foram abordados pela polícia. Durante a revista, os policiais constaram que Antônio Barbosa, o Tonho, estava com uma tornozeleira eletrônica do sistema prisional, fora da área permitida pela Justiça. Para ludibriar o monitoramento da tornozeleira, ele carregava no próprio bolso da bermuda a “base” do equipamento, que é afixada na residência do reeducando que desfruta do semiaberto.
Já Adriano Francisco, o Diano, tinha um mandado de prisão preventiva em aberto por ser suspeito de ter participado do assassinato de Valmir Fernandes dos Santos, de 34 anos, conhecido como ‘Galeguinho’ no dia 28 do mês passado, na cidade de Maribondo, um crime que teve repercussão na região.
Antonio Barbosa da Rocha, o Tonho, foi encaminhado ao sistema prisional, por determinação da Justiça, para o cumprimento do restante da pena por porte ilegal de arma de fogo e assalto. Adriano Francisco, o Diano, foi conduzido para a Delegacia de Maribondo, ficando à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário